Sofia-logo-v7.png

O amor entre irmãos tem molas nos pés

Porque protege e acarinha, saltando do presente para o passado e do passado de novo para um presente que não se deixa intimidar pela hierarquia do tempo.



O amor de irmãos é coeso, firme e assim caminha pela vida, funcionando como uma rede que sabe suportar e largar nos momentos certos.

Os irmãos conhecem partes nossas que mais ninguém conhece. Às vezes sentimo-las como "rótulos". Outras, esses rótulos evoluem para uma cumplicidade ainda mais profunda que só o crescimento emocional permite.

E na hora de todas as verdades, serão eles a estar lá, capazes de coar ressentimentos e erguendo o que mais importa: a essência do verdadeiro amor.

Afinal, aquela que serve de referência para outros amores na nossa vida.