Sofia-logo-v7.png

Lidar com conversas difíceis

Aprendi que conversas difíceis não tiram energia: Ajustam-na.

Se tirarem, não são difíceis: São tóxicas.



Conversas difíceis não são agradáveis.

Acontecem quando uma situação se esgota e a saúde começa a ser uma ameaça. Então há palavras que precisam serem ditas, um caminho que pede comando.

Por isso, é importante olhar para as conversas difíceis como pontos de reajuste na vida. Há uma curva a fazer. E tudo pode ser comunicado, desde que seja a partir de um lugar sereno de alguém que tem a coragem de colocar na linha o que se perdera nos becos da sua tolerância. E assim permitir o ajuste necessário ao bom fluxo da vida. Pode doer, mas não tem de destruir.

Respeitar os fins é abrir recomeços saudáveis. Destruir pela argumentação é abrir montanhas dentro e colocar arames farpados em redor do coração.

Por isso, nos momentos em que a energia se embrulha em mil nós, respire e volte a respirar. Crie distanciamento diante da situação difícil. Tire as suas conclusões. E quando sentir o seu coração forte e sereno, avance para a sua conversa, sempre consciente que, à sua frente, tem um ser humano que um dia teve ou tem importância na sua vida. Arrume, ajuste e vire a página. Nunca destrua. Esse é o segredo de uma energia forte e digna.


Eu sou Sofia Vieira Martins e trabalho com Leitura Energética/Aura e Equilíbrio e me Energético há mais de 15 anos, em sessões privadas, cursos e eventos ocasionais. É meu objetivo contribuir para uma autoconsciência saudável que permita à pessoa lidar com as suas circunstâncias de uma forma digna e construtiva, iluminando o caminho para alcançar os seus objetivos.


Imagem de 👀 Mabel Amber, for Pixabay.