Sofia-logo-v7.png

Insistir ou adaptar?

Muitas vezes a vida coloca-nos neste impasse, bem mais complexo do que parece à primeira vista.

Diante de planos e sonhos acalentados, troca-nos as voltas, oferecendo-nos alternativas que não prevíamos e que nos obrigam a adaptações mais ou menos complexas e necessariamente, destabilizadoras.



Acontece é que tantas vezes a adaptação obriga a um afastamento, que nem sempre pode ser temporário, daquilo que tanto desejávamos.

Então insistimos ou flexibilizamos? Será que está na hora de mudar? Ou é um teste à nossa fé?

A intuição está longe de ser óbvia e o corpo fica confuso, entre sinais e ilusões.

Então há que parar. Se possível, não tomar decisões de impulso. Sinta. Mas sinta ainda mais fundo. E pergunte-se a partir desse lugar: "O que é que eu preciso neste exato momento da minha vida?" O sonho pode precisar de um sonhador diferente, mais acordado talvez. Mais competente.

Por isso, sinta a resposta. Abra-se à paisagem que o seu inconsciente lhe mostrar. Então decida.

Aconteça o que acontecer, o seu sonho nunca morre. Às vezes, reajusta-se. Outras, adia-se. Mas nunca deixará de comandar a vida de quem os tem como farol.

Sugestão: Uma Leitura da Aura pode ajudar a situá-lo. Uma terapia de desenvolvimento pessoal com base no Storytelling ajuda-o a ter acesso, a descodificar e a agir de acordo com as suas histórias internas.